Nossa querida Igreja Presbiteriana de Jundiaí completou na quarta-feira passada 69 anos de organização. Foi em 29 de julho de 1951 que nossa amada igreja foi organizada. Somos gratos a Deus pelo Seu cuidado ao longo de toda história da IPJ.

No Salmo 126, o salmista descreve três períodos do povo de Israel: passado, presente e futuro.

Devemos olhar para o passado com gratidão. Salmo 126.1-3: “Quando o Senhor restaurou a sorte de Sião, ficamos como quem sonha. Então, a nossa boca se encheu de riso, e a nossa língua, de júbilo; então, entre as nações se dizia: Grandes coisas o Senhor tem feito por eles. Com efeito, grandes coisas fez o Senhor por nós; por isso, estamos alegres.”

A história desta igreja está marcada por muitas alegrias e lágrimas, por grandes conquistas e abundantes colheitas. Embora  nossa igreja tenha sido organizada em 1951, o início do trabalho presbiteriano em nossa cidade teve início muito antes. Entre 1870 a 1880 missionários da Igreja Presbiteriana do Sul dos Estados Unidos estabelecem-se em Campinas. Em Jundiaí, como resultado do trabalho do missionário John W. Dabney, converteu-se ao Evangelho a dona Cherubina Franco, primeira convertida em Jundiaí. Após 15 anos de trabalho consegue-se reunir uma pequena Congregação no período de 1895 a 1897.

Em 1918 a Congregação é visitada pelo Reverendo Dr. Thomas Porter e pelo Reverendo Herculano de Gouvea, além de estudantes do Seminário Presbiteriano. A Congregação tem, então, uma Escola Dominical com 25 alunos. Em 1921 é alugada uma sala à rua do Rosário nº 19, e os cultos passam a ser quinzenalmente realizados com auxílio do Reverendo Henrique de Camargo. Em 10 de abril de 1932, quando se realizou a Profissão de Fé de várias pessoas, a Escola Dominical contou com presença de 71 pessoas. Em 5 de abril de 1939 é inaugurada uma sala de culto à rua Barão de Jundiaí nº 29. Os trabalhos passam a ser feitos todos os domingos e às quintas-feiras. No final do ano, a estatística apresenta: 22 membros, Escola Dominical com três classes, seis professores e 35 alunos.

Em 1949 providências importantes foram tomadas, como a nomeação de comissões, inclusive uma de construção. Registra-se, então, a aquisição do terreno para o futuro templo. Em 1950 aconteceu o lançamento da pedra fundamental do templo. Em 1951 aconteceu a inauguração do salão térreo e, em 29 de julho, organização da Igreja Presbiteriana de Jundiaí. Por graça divina, esta igreja plantou outras igrejas e contribuiu de forma decisiva para a expansão da grei presbiteriana na cidade de Jundiaí.

Devemos olhar para o presente com compromisso e na dependência do Senhor. Salmo 126.4: “Restaura, Senhor, a nossa sorte, como as torrentes no Neguebe.”

O mesmo Deus que nos trouxe até aqui, há de nos conduzir conforme Sua vontade e para a Sua glória. Nossa igreja tem buscado ser uma igreja bíblica. Temos priorizado o ensino fiel das Escrituras, através de estudos bíblicos, pregação expositiva e aconselhamento bíblico. Zelamos pelo culto cristocêntrico, de acordo com a Palavra de Deus. Participamos da obra missionária evangelizando em nossa cidade e auxiliando no sustento de missionários no Oriente Médio, Europa, África e indígenas no Brasil.

Queremos ser uma igreja fiel e relevante, uma igreja que conheça a palavra e o poder, uma igreja que cuida dos domésticos da fé sem perder o ardor missionário. Nessa data tão expressiva em nosso calendário, queremos renovar nossos votos de amor a Jesus, nosso apreço inegociável pela verdade, nosso cuidado com a comunhão fraternal e nosso engajamento com a missão de levar a esperança do evangelho aos povos.

Devemos olhar para o futuro com esperança. Salmo 126.5,6: “Os que com lágrimas semeiam com júbilo ceifarão. Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes.”

Temos muitos planos e projetos para nossa igreja. Sabemos que certamente enfrentaremos lutas e dificuldades, no entanto, estamos seguros em Jesus, o Senhor da Igreja. Cremos que Ele continuará sustentando a todos que lhe pertencem e continuará levantando homens e mulheres no cuidado da igreja.

Nossa oração é para que o Senhor continue sustentando a IPJ. Dependemos inteiramente de Deus. Nossa esperança está em Cristo Jesus, o Cabeça da Igreja.

A Ele toda a glória!

 

Write a comment:

*

Your email address will not be published.