Dependência. Vá trabalhar na mais completa dependência de Deus (Pv 3:5-6; Jo15:5). Sem ele, você não é capaz de respirar, se mover, pensar, sentir ou falar. Isso sem falar em ser influente do ponto de vista espiritual. Levante-se de manhã e diga a Deus o quão desesperadamente você precisa dele. Ore por ajuda.

Integridade. Seja absolutamente e meticulosamente honesto e confiável no trabalho. Seja pontual. Realmente trabalhe nas horas em que estiver lá. “Não roubarás.” Mais pessoas roubam seus empregadores por serem preguiçosas do que por desviarem dinheiro.

Habilidade. Torne-se bom nas coisas que você faz. Deus deu a você não apenas a graça da integridade, mas também das habilidades. Valorize-as e seja um bom mordomo delas. Esse crescimento de suas habilidades se constrói com dependência e integridade.

Influência. Sempre que tiver oportunidade, procure influenciar a ética de seu local de trabalho de tal forma que as políticas, expectativas e alvos se aproximem de Cristo.

Comunicação. Locais de trabalho são redes de relacionamentos. Relacionamentos são possíveis por meio da comunicação. Compartilhe sua visão de mundo cristã nas comunicações do cotidiano. Não esconda sua luz sob um cesto. Coloque-a em um local visível de forma cativante, natural, alegre. (Sl 40:16)

Amor. Ame. Sirva os outros. Seja aquele que se voluntaria primeiro para comprar as pizzas. Para dar carona. Para organizar eventos. Tenha interesse sincero pelos outros no seu trabalho. Seja conhecido como aquele que não se importa somente pelas histórias incríveis do fim de semana, mas pelos fardos pesados e dolorosos que os outros carregam nas manhãs de segunda-feira. Ame seus colegas de trabalho e apresente a eles o Homem que é o grande carregador dos nossos fardos.

Dinheiro. Trabalho é seu meio de ganhar (e gastar) dinheiro. E é tudo de Deus, nada seu. Você é apenas um administrador. Ao administrar o dinheiro de Deus, faça dos seus ganhos uma fonte transbordante de generosidade. Não trabalhe para ganhar e ter. Trabalhe para ganhar e dar, investir em obras que exaltem a Cristo. Faça com que seu dinheiro dê testemunho de que Cristo é seu tesouro supremo.

Gratidão. Sempre agradeça a Deus pela vida, pela saúde, pelo trabalho e por Jesus. Seja uma pessoa grata em seu trabalho. Não esteja entre os que estão sempre reclamando. Que sua gratidão a Deus seja abundante e transborde também em um espírito humilde de gratidão aos outros. Seja conhecido em seu trabalho como alguém que tem esperança, é humilde e grato.

Fonte: John Piper

CategoryArtigos, Pastoral
Escreve um comentário

*

Your email address will not be published.