Queixaram-se em suas tendas, dizendo: O Senhor nos odeia; por isso nos trouxe do Egito para nos entregar nas mãos dos amorreus e destruir-nos. (Dt 1.27)

Estou profundamente convencido de que nós, assim como aqueles em Deuteronômio 1, estamos sempre perguntando e respondendo a cinco perguntas profundamente teológicas.

  1. Deus é bom?

Quando se trata do que é bom, lutamos para nos alinhar com os valores de Deus. Porque queremos estar no centro ou no controle, definimos o bom como confortável, previsível e prazeroso. Quando a dificuldade vem em nossa direção, nossa resposta teológica padrão será querer saber porque Deus está fazendo o que está fazendo e questionar sua bondade. Esta é uma armadilha perigosa. Se você se permitir questionar a bondade de Deus, você vai parar de seguir seus comandos, e você vai parar de correr para Ele para obter ajuda, porque você não vai mais confiar, seguir ou procurar a ajuda de alguém que você não pode confiar.

  1. Será que Deus fará o que prometeu?

As promessas de Deus destinam-se a nos mover e nos motivar. Elas devem simultaneamente maravilhar nossas mentes e acalentar nossos corações. No entanto, muitos de nós estamos em algum estado de paralisia espiritual porque não acreditamos mais nas promessas de Deus.

  1. Deus está no controle?

No seu dia a dia, seu mundo não parece estar sob um controle cuidadoso e sábio. Às vezes, parece totalmente fora de controle! É natural, portanto, tentar agarrar o máximo de controle possível sobre sua vida. Esta reação nunca resulta em um lugar espiritualmente saudável. Faz-nos tomar decisões por medo ao invés de com fé. Tentamos retroceder a história ou nos mutilar imaginando vários “e se”. Noites em que desligamos nossas mentes, nos deitamos e dormimos em paz (Salmo 4:8) são poucas e distantes entre si.

  1. Deus tem o poder necessário?

As escrituras nos dizem que Deus vem até nós com o mesmo poder pelo qual Ele levantou Cristo dos mortos (Efésios 1.19-20). O poder de Deus é tão grande que ele governa a vida e a morte. Então eu posso confiar no que é maior do que eu, porque eu sei que Aquele que está comigo é maior do que o que eu estou enfrentando.

  1. Deus se importa comigo?

A Bíblia lhes confronta com a natureza generosa da misericórdia, do amor, da paciência, da tolerância, da graça, da ternura e da fidelidade de Deus. Ele nunca brinca com você. Ele nunca é desleal. Ele se importa! Amanhã, ou mesmo mais tarde hoje, há uma boa possibilidade de que você vai fazer algumas ou todas essas perguntas. Quando as fizer, clame pela ajuda do seu Salvador.

(Extraído de todahelohim.com)

CategoryArtigos, Pastoral
Escreve um comentário

*

Your email address will not be published.