A autocomiseração é uma cilada singular. Quase todos nós concordaríamos em dizer que ela é errada, mas quase todos nos entregamos a ela, vez ou outra, mesmo que apenas de forma leve — “Só me faltava essa!” “Não tenho como lidar com isso agora!” Por que a autocomiseração nos atrai? O que ela faz por nós? Por que é atraente sentir pena de si mesmo? Quais os benefícios que a autocomiseração oferece?  É intrigante.

Inicialmente, eu não conseguia identificar as vantagens da autocomiseração. Mas por que, então, iríamos nos entregar a ela se não houvesse um benefício? Quais são as promessas da autocomiseração que a tornam atraente para nós?

  1. A autocomiseração proporciona uma compaixão falsa.

A autocomiseração me engana e me faz acreditar que estou recebendo compaixão genuína, pois dirijo a mim mesmo algumas palavras simpáticas. No entanto, visto que a fonte dessas palavras não é o Deus de toda a compaixão, elas são enganosas. Quero que elas produzam aquilo que a compaixão genuína produz, mas fui a uma cisterna rota.

  1. A autocomiseração proporciona um bálsamo temporário para a alma, permitindo-me acreditar que não mereço tudo aquilo que está acontecendo comigo.

“Eu não mereço passar por isso.” “Por que eu?” “Eu não fiz nada para merecer isso.” A autocomiseração faz com que eu me sinta temporariamente aliviado por acreditar que sou inocente e o meu sofrimento é imerecido ou até mesmo injusto. No entanto, esse bálsamo é apenas temporário. À semelhança de Jó, continuo sem esperança.

  1. A autocomiseração proporciona um senso de justiça própria e isenção de culpa nos momentos de sofrimento.

A autocomiseração, porém, substitui a justiça verdadeira pela autojustificação. Desta forma, ela elimina a necessidade de um Salvador, o Salvador que me mostra como sofrer e que está comigo no meu sofrimento.

  1. A autocomiseração limita a honestidade apenas à dificuldade que enfrento.

O problema não está em ser honesto a respeito da dor. O cristianismo não é estoico. O problema é que a autocomiseração me engana e faz com que eu perca a riqueza de me tornar semelhante a Cristo em meio ao sofrimento.

  1. A autocomiseração permite fantasiar sobre ser soberano e estar no controle.

Quando desejo a morte, esta é uma decisão soberana que apenas um Soberano pode tomar.

  1. A autocomiseração proporciona um conforto barato.

Não é preciso esforço nenhum para recebê-la. Não é preciso correr para Deus e conhecê-lO mais de perto. A autocomiseração não dá trabalho!

Por: (Amy Baker) IP Jundiai

CategoryArtigos, Pastoral
Escreve um comentário

*

Your email address will not be published.