Na quinta-feira passada celebramos o Dia de Ação de Graças. Mesmo tendo muitos motivos para agradecer ao nosso Deus, por vezes murmuramos. No livro Aprendendo a Estar Contente, de Jeremiah Burroughts, existe um capítulo cujo título é “Resmungar faz mal para você”. Eis um resumo das considerações de Burroughts:

1) A murmuração toma conta de nós com facilidade. Ela é prejudicial para nós porque uma vez iniciada, ela piora cada vez mais. Uma tendência à murmuração é como uma infecção: se ela não for estancada, irá se espalhar e contaminar todas as áreas da vida.

2) A murmuração é pecado. Em Judas 16, a murmuração encabeça a lista de atitudes daqueles a quem Deus condena, pois “vivem a reclamar e a se queixar, dominados por seus próprios desejos”.

3) A murmuração é rebeldia contra Deus. Quando os israelitas estavam no deserto, reclamaram repetidas vezes. Deus os havia resgatado da servidão no Egito, mas eles não se sentiram satisfeitos e gratos por muito tempo. E todas as vezes que eles murmuraram, Deus considerou aquilo como algo dirigido contra Ele (Nm 14.26-29).

4) A murmuração é uma contradição. Se os cristãos se lembrassem do que Deus tem feito para eles em Cristo, Seu amor, Seu perdão, Seu dom de uma nova vida, eles não murmurariam. A murmuração é uma atitude de cristãos ingratos, que esquecem o quanto têm recebido de Deus

5) A murmuração não é o estilo de vida que Deus deseja ver em nós. Se os cristãos dizem que Deus significa mais para eles do que as coisas deste mundo, eles devem prová-lo pela maneira de viver mesmo quando não têm tudo quanto eles desejariam ter.

6) A murmuração faz com que nossas orações não tenham sentido. Não podemos dizer “Seja feita a Tua vontade” e esperar que a nossa vontade seja feita!

7) A murmuração é uma perda de tempo. Ela só traz infelicidade: nossa mente fica tão cheia de reclamações que deixamos de pensar em Deus e na Sua Palavra. Ela nos torna inúteis para o serviço de Deus, pois um resmungão nada tem para oferecer aos outros. O resmungão está olhando apenas para si mesmo.

8) A murmuração não somente é pecado, mas é também tolice. Os cristãos que reclamam são cristãos orgulhosos, que recusam se submeter à vontade de Deus. Eles são semelhantes aos marinheiros que reclamam da tempestade ao invés de prepararem o navio para enfrentá-la.

9) A murmuração provoca a ira de Deus. Ele Se indignou quando os israelitas murmuraram. Devemos tomar muito cuidado para não cair no mesmo erro.

10) A murmuração pode resultar em disciplina de Deus. Os israelitas foram disciplinados quando não confiaram nEle.

Que o Senhor nos ajude a sermos gratos em tudo. IP Jundiai

CategoryArtigos, Pastoral