Donald S. Whitney

Certa vez, quando o povo de Deus se tornou descuidado em seu relacionamento com Ele, o Senhor os advertiu por meio do profeta Ageu. “Vejam aonde os seus caminhos os levaram!”, ele disse, levando-os a refletir sobre algumas coisas que aconteciam com eles e avaliar sua espiritualidade descuidada à luz do que Deus os ensinara.

Mesmo aqueles mais fiéis a Deus às vezes precisam dar uma pausa e pensar sobre o sentido de suas vidas. É muito fácil passar de uma semana muito corrida para outra sem sequer parar e ponderar para aonde estamos indo e para aonde deveríamos estar indo.

O começo de um novo ano é o tempo ideal de parar, refletir, e pensar sobre nossa vida. Para isso, aqui estão algumas questões para se perguntar em oração na presença de Deus.

O que você poderia fazer esse ano para aumentar seu prazer em Deus?

Qual é a coisa mais humanamente impossível que você vai pedir a Deus nesse ano?

Qual é a coisa mais importante que você pode fazer para melhorar a qualidade de vida da sua família nesse ano?

Em qual aspecto espiritual em especial você quer melhorar nesse ano, e como você irá fazê-lo?

Qual é o maior desperdício de tempo em sua vida, e o que você vai fazer a respeito nesse ano?

Qual é a melhor forma que você pode ajudar a fortalecer sua igreja?

Pela salvação de quem você vai orar mais fervorosamente nesse ano?

De que forma você vai tentar, pela graça de Deus, fazer esse ser diferente do ano anterior?

O que você pode fazer para melhorar sua vida de oração nesse ano?

O que você pretende fazer nesse ano que vai fazer diferença nos próximos 10 anos? E na eternidade?
___________
Texto publicado no boletim da Igreja Presbiteriana de Jundiaí de 4/1/2015.
Escrito por Donald S. Whitney, do Southern Baptist Theological Seminary, e extraído do site voltemosaoevangelho.com, a partir da tradução de Filipe Schulz, no reforma21.org.

CategoriaArtigos

© 2017 Igreja Presbiteriana de Jundiaí.Feito por: Loro Comunicação

Siga-nos: